Bem Viver

Conheça os fatores que podem causar incontinência urinária na mulher

09/10/2018

Você sabia que uma a cada três mulheres acima de 40 anos sofre com a incontinência urinária? Essa condição afeta muito mais as mulheres do que os homens e isso se deve a fatores particularmente femininos.

Muitas pessoas ainda tratam a incontinência urinária como um tabu, mas é preciso quebrar o preconceito e se informar mais sobre o assunto para distinguir o que é mito e o que é verdade.

 

No final das contas, quais as principais causas de incontinência urinária na mulher?

 

Sobrepeso e a Incontinência Urinária

 

A própria fisiologia feminina contribui com os números altos de incontinência, os principais fatores que podem levar a mulher a essa condição são:

 

  • Idade;
  • Menopausa;
  • Obesidade;
  • Constipação intestinal;
  • Doenças crônicas;
  • Fatores hereditários;
  • Cafeína;
  • Tabaco;
  • Uso de medicamentos;
  • Infecções urinárias frequentes;
  • Gravidez;
  • Pós-parto.

 

Menopausa X Incontinência Urinária

 

Durante a menopausa  a mulher sofre a ausência de hormônios, entre eles, a redução do estrogênio que pode reduzir a capacidade de controlar os escapes de urina.

 

Mulheres, cuidado com o sobrepeso

 

Um fator que pode levar a mulher a ter incontinência urinária é o excesso de peso, principalmente se a gordura estiver localizada na região do abdômen.

O afrouxamento dos músculos pélvicos que pode causar a a incontinência está por trás do excesso de gordura abdominal. 

E muito cuidado na hora de tomar medicamentos que auxiliam a perda de peso, muitas vezes o escape de urina é um efeito colateral de determinado remédio, tendo em vista que muitos possuem propriedades diuréticas.

 

A Incontinência Urinária no pós-parto 

 

Parto Normal X Incontinência Urinária

 

Muitas mulheres têm medo da hora do parto, algumas pensam na dor, enquanto outras pensam que isso pode trazer prejuízos para o cotidiano, como a incontinência urinária.

Por trás da gestação, existem inúmeras mudanças no corpo da mulher, afinal, tudo precisa ser adaptado para a chegada do bebê

Caso a mulher venha a ter incontinência, essa não é uma condição permanente causada pelo pós-parto, muitos outros fatores estão associados a ela e não apenas à questão do parto em si.

 

Como tratar a incontinência urinária?

 

O principal ponto é não sentir vergonha da incontinência e fazer o tratamento adequado, se feito corretamente, o tratamento apresente grande índice de sucesso e a mulher pode voltar a sua rotina normal.

Além disso, existem produtos que auxiliam a mulher durante essa dificuldade, mas é imprescindível agendar uma consulta médica para avaliar o tipo de incontinência e o tratamento mais adequado.

Os tratamentos evoluíram muito e trazem ótimos resultados para a vida do paciente!

 

MAPA DO SITE

NEWSLETTER


UNIDADE - SP
Sul, Sudeste e Centro-Oeste
Av. Duque de Caxias, 2016 - Promeca
CEP: 13223-025 - Várzea Paulista / SP
Fone: (11) 4606-1515
Sac: (11) 4596-4660

VOLTAR AO TOPO