Baby Roger

A mãe vai voltar ao trabalho. E agora? Como fica a amamentação do bebê?

13/06/2018

A amamentação, além de nutrir, traz inúmeros benefícios para o desenvolvimento do bebê. Ela consegue matar a fome, sede, auxilia no crescimento gratuitamente e está sempre disponível no seio da mãe.

 

O leite materno possui todos os nutrientes que uma criança precisa: água, gordura, proteínas, carboidratos e nutrientes essenciais para o desenvolvimento cognitivo do bebê. Além de todos esses nutrientes, esse alimento de fácil acesso, também contém anticorpos, essenciais para criar imunidade.

As fórmulas lácteas vendidas no mercado possuem nutrientes muito parecidos com os do leite materno, porém, não trazem a imunidade ao bebê. Essa imunidade só é fornecida pela amamentação, além do mais, essas fórmulas são excessivamente caras

A criança não precisa de nenhum outro alimento, somente o leite materno, até os 6 meses de idade. O bebê não deve e nem precisa de água, chás, sucos ou fórmulas.

 

 

Como fica a amamentação quando as mamães voltam ao trabalho?

 

Segundo o Ministério da Saúde, o bebê deve ficar até os 6 meses de idade em aleitamento materno exclusivo e pode ser amamentado de forma complementar até os dois anos de idade ou mais.

Muitas mães precisam voltar ao mercado de trabalho entre 4 a 6 meses após o parto, o que dificulta, muitas vezes, o processo do aleitamento materno em livre demanda, porém, isso não é impedimento para que o bebê continue a receber o leite.

A mãe, nos horários que está em casa, pode amamentar normalmente e também pode realizar a ordenha e armazenar o leite materno, que dura no freezer por até 3 meses.

 

Como armazenar o leite materno corretamente

 

  • A ordenha pode ser manual ou através da bomba de sucção, tudo depende da forma como a mãe se adapta melhor.
  • O leite, após congelado, deve ser aquecido em ‘banho maria’ para não perder suas propriedades e pode ser ofertado ao bebê em copo de transição, xícara ou mamadeira.
  • É necessário conversar com o cuidador/escola/creche para ver a possibilidade de armazenamento no local, mas geralmente, os serviços que cuidam de bebês estão habituados a esta forma de alimentação.

 

Dica da especialista Isadora sobre amamentação

 

‘ Sempre que tiver dúvida, procure profissionais adequados para te auxiliar. Muitas vezes, nossos familiares e amigos, mesmo que não intencionalmente, nos dão dicas incorretas ou desmotivadoras sobre a amamentação. Toda mulher é capaz de parir e também de amamentar, somos muitos os profissionais que amam o que fazem, e estamos sempre dispostos a te ajudar!’

 

 

   A Isadora fez graduação em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da USP. Ela atuou por dois anos como enfermeira em UTI Neonatal e é co-fundadora da página Mama Nenê, que promove o conhecimento sobre aleitamento materno, humanização, cuidados com recém-nascido, informações sobre parto e desenvolvimento infantil

 


Não deixe de conferir:
Facebook, Instagram, whatsapp (11)99971-2403             

                   

Região de atendimento: Jundiaí, São Paulo e São Roque (Enfª Monique Paraschin Mello, co-fundadora do Mama Nenê).

NEWSLETTER


SIGA-NOS

UNIDADE - SP
Sul, Sudeste e Centro-Oeste
Av. Duque de Caxias, 2016 - Promeca
CEP: 13223-025 - Várzea Paulista / SP
Fone: (11) 4606-1515
WhatsApp: (11) 98336-0053
UNIDADE - PE
Norte e Nordeste
R. João Ricardo da Silva, 84 - Cruz de Rebouças - Galpão 01
CEP: 53630-066 - Igarassú / PE
Fone: (81) 3312-1154
Sac: (81) 3312-1154
VOLTAR AO TOPO