Baby Roger

Se você não ler sobre a Introdução Alimentar agora, vai se arrepender depois

05/09/2018

Um dos momentos mais esperados pelos pais é apresentar os alimentos para as crianças. O tempo ideal para se iniciar a Introdução Alimentar é o sexto mês do bebê, pois nessa idade ele já está preparado para receber esses alimentos.

O sexto mês é o mais indicado para começar a Introdução Alimentar, pois a criança já está com a cabecinha mais dura e  ela já consegue ficar sentadinha para receber os alimentos. Além disso, antes desse tempo, o intestino do bebê ainda não está pronto para receber outro alimento, além do leite materno.

No começo da introdução alimentar é preciso prestar atenção na reação que a criança tem com cada alimento, identificando assim, possíveis alergias que podem se manifestar na pele.

 

Para saber mais sobre o assunto, a nutricionista Raquel, da Atividade Materna, nos dá algumas dicas!

 

Introdução Alimentar – Primeiros Alimentos

 

Introdução Alimentar – Primeiros Alimentos

 

A introdução alimentar começa com as frutas e os alimentos vão sendo acrescentados conforme a aceitação  e o crescimento da criança.

Uma dica da nutricionista Raquel para as mamães é dar a papinha de frutas no café da manha/ lanche da tarde e a salgada na hora do almoço/jantar.

Até um ano não é recomendado adicionar sal na papinha salgada, ela pode ser temperada com orégano, salsinha, cebolinha cebola, alho entre outros temperos caseiros. 

 

Métodos de Introdução Alimentar

 

Introdução Tradicional

No método tradicional a mãe irá amassar os alimentos para a criança, preparar conforme o recomendado e ela mesma dará o alimento para o bebê.

Não é recomendado dar alimentos batidos para a criança, o correto é dar a comida amassada, isso ajudará a estimular a mastigação.

 

Introdução BLW

No método BLW o bebê guia o seu próprio desmame, a mãe disponibiliza os alimentos cortados corretamente no cadeirão e a criança come sozinha, ou seja, ela mesma guia os alimentos até  sua boca.

Mesmo que o bebê guie os alimentos sozinho é necessário que a mãe acompanhe as refeições e esteja disposta a ajudá-lo, pois ele irá se lambuzar todo.

Faz parte do método BLW essa interação com os alimentos.

Essa interação com os alimentos faz parte do método BLW,  a criança vai sujar o chão  e a cara, mas é brincando que as coisas ficam mais gostosas.

 

Introdução Participativa

Tradicional + BLW .

A mãe pode preparar uma papinha amassadinha no garfo e dar na hora do almoço e na janta, usar o método BLW e deixar a criança se virar sozinha.

 

Introdução Alimentar – Desistis ou Insistir?

 

O que fazer se a criança cuspir os alimentos?

 

A criança está em um mundo de descoberta, então é normal,  na Introdução Alimentar, que nos primeiros alimentos ela tenha uma reação negativa e cuspa a comida, mas é normal, afinal, ela está descobrindo novos aromas, texturas e sabores.

A criança vai cuspir muitos alimentos, mas, só podemos dizer que ela não gosta de determinada coisa quando a mãe preparou esse alimento diversas vezes de formas diferentes e a criança cuspiu mais de 10 vezes.

 

Dica da Nutri

‘Mamãe, na hora da papinha salgada cuidado com os temperos, ás vezes pode ser isso que esteja dando errado, adicionar cebola, alho entre outros, pode causar estranhamento na criança.’

 

Introdução Alimentar e a Papinha industrializada

 

Papinha Industrializada

 

Mamãe, tome cuidado com as papinhas industrializadas, elas costumam ter sódio, entre outros ingredientes, que não fazem bem para a saúde do bebê; além do mais, é uma papinha diferente das feitas em casa, elas não têm o mesmo sabor.

Caso opte por comprar papinhas, certifique-se de que o ambiente prepara os alimentos da forma correta, nada de preparar em casa e sair vendendo, é necessário passar por uma higienização adequada e  conservação, entre outros pontos, como textura e consistência, de acordo com cada idade.

Busque a ajuda dos nutricionistas durante a introdução alimentar, eles são profissionais preparados dar o suporte necessário nessa fase.

 

Conselho da Raquel para as mamães

 

‘Mamãe, aproveite ao máximo essa fase, é um momento único em que o bebê  está crescendo e fazendo novas descobertas.

Tenham calma e não se estressem, é normal a criança jogar a comida ou cuspir, mas com o tempo, eles vão aprender.

Sempre faça refeições em família, assim a criança vai aprender desde cedo, pois as crianças se inspiram muito nos pais e os observam muito.

 


 

A Nutricionista Materno Infantil, Raquel V. Della Nina, atende a todos os públicos, nas diversas fases da vida como mulheres, pré-gestantes, gestantes, pós-parto, menopausa, bebês, crianças e adolescentes, e oferece cursos para as mães ou responsáveis pela crianças, de introdução alimentar e Lancheira saudável para aprender a montar a Lancheira escolar.
NEWSLETTER


SIGA-NOS

UNIDADE - SP
Sul, Sudeste e Centro-Oeste
Av. Duque de Caxias, 2016 - Promeca
CEP: 13223-025 - Várzea Paulista / SP
Fone: (11) 4606-1515
Sac: (11) 4596-4660
UNIDADE - PE
Norte e Nordeste
R. João Ricardo da Silva, 84 - Cruz de Rebouças - Galpão 01
CEP: 53630-066 - Igarassú / PE
Fone: (81) 3312-1154
Sac: (81) 3312-1154
VOLTAR AO TOPO